O juiz diz que a condenação visa transmitir uma mensagem forte à sociedade de que quem comete atos discriminatórios vai pagar um “preço elevado”

 Um sargento da polícia norte-americana vai receber uma indemnização no valor de 20 milhões de dólares (18 milhões de euros) devido a não ter sido promovido com base na sua orientação sexual. O caso remonta a 2014, mas a sentença só aconteceu agora.

Reprodução CNN

Keith Wildhaber venceu uma ação interposta contra o Departamento de Polícia do Condado de St. Louis, no estado norte-americano do Missouri, depois de ter perdido por 23 vezes a oportunidade de subir de escalão e de o seu superior lhe ter pedido para “baixar o tom” e disfarçar que era homossexual se quisesse ser promovido.

“Fiquei doente e devastado. Não conseguia acreditar que estava a ouvir aquilo em pleno século XXI”, declarou o sargento ao juiz. O magistrado afirmou que a condenação visa transmitir uma mensagem forte à sociedade de que quem comete atos discriminatórios vai pagar um “preço elevado”.

Entretanto, o Departamento de Polícia do Condado de St. Louis anunciou que irá nomear uma nova direção, que respeite todos os membros com respeito e dignidade. “As decisões ao nível de uma promoção devem ser tomadas com base única e exclusivamente no mérito. Esta é a altura de mudar e essa mudança deve começar pelo topo”, pode ler-se num comunicado.

Fonte: Expresso


Gostaste? Partilha com os teus amigos! Isso ajuda-nos a crescer (e quem é que não gosta de coisas grandes?)

121
121 points

Qual é a tua reação?

Oh My Cock! Oh My Cock!
3
Oh My Cock!
Me-do Me-do
0
Me-do
Triste Triste
0
Triste
WTF? WTF?
0
WTF?
Amo! Amo!
0
Amo!
Ahah! Ahah!
0
Ahah!
Fofo Fofo
0
Fofo
Like Like
0
Like
Não Gosto! Não Gosto!
0
Não Gosto!
Oh My Cock!

0 Comments